Arquivo do autor para Bira

  • Sem Categoria

    Técnica EFT

    - Por Bira

    Técnica EFT

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!
    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Sem Categoria

    Você está feliz?

    - Por Bira

    Você está feliz?

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!
    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Sem Categoria

    Tratamentos da Corpusterapia – Espaço Terapêutico

    - Por Bira

    Tratamentos da Corpusterapia – Espaço Terapêutico

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!
    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Sem Categoria

    Por que a Lei da Atração não funciona para você?

    - Por Bira

    Por que a Lei da Atração não funciona para você?

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!
    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Sem Categoria

    NOSSAS PERSONALIDADES DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL

    - Por Bira

    NOSSAS PERSONALIDADES DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL

    Nossas personalidades são fragmentos, pequenos pedacinhos nossos perdidos e presos na dor de outra encarnação

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!

    NOSSAS PERSONALIDADES DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL

    O que são nossas Personalidades


    Nossas personalidades são fragmentos, pequenos pedacinhos nossos perdidos e presos na dor de outra encarnação, nos obsidiando, digamos assim, nessa vida de agora.
    Então às vezes temos alguns comportamentos que não sabemos da onde que vem. Um exemplo muito fácil pra você entender: medo de água. Você tem medo de água e você não consegue aprender a nadar e não lembra, não passou por nenhum trauma na infância ou na adolescência e não consegue entrar em uma piscina, em um rio, no mar. Tem pessoas que tem medo até de uma poça d’água. E por que isso se você não passou por um evento traumático? Por quê você traz esse medo de água?
    Possivelmente, você quando faz uma terapia de regressão, você vai identificar uma personalidade sua que morreu afogada e que está presa ainda naquela dor de outra encarnação.
    Nesse tratamento, nós vamos fazer um resgate desse seu pedaço ou desses seus pedaços. Às vezes temos muitos pedacinhos presos em alguma situação de outra vida. Continua na dor e essa dor está lhe causando problemas na vida de agora. Fazemos os resgates desses pedacinhos dando consciência a essa ou essas personalidades, de que você já está lá na frente em outro processo evolutivo, às vezes cem anos, quinhentos anos, e aquele pedacinho seu não entendeu.
    Essa terapia é necessária por que damos consciência aquele pedacinho ou aqueles pedacinhos seus e encaminhamos para o astral.
    A partir daí, no caso o exemplo do medo de água, possivelmente você irá conseguir vencer o medo, aprender a nadar sem nenhum problema mais.

     

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Sem Categoria

    Exercício da Gratidão

    - Por Bira

    Exercício da Gratidão

    PRÁTICA DO EXERCÍCIO DE EFT PARA ENTRAR NA ENERGIA DA GRATIDÃO EM SUA VIDA EFT – EMOTIONAL FREEDOM TECHNIQUES - TÉCNICA DE LIBERAÇÃO EMOCIONAL, TAMBÉM CONHECIDA COMO ACUPUNTURA SEM AGULHAS

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!

    PRÁTICA DO EXERCÍCIO DE EFT PARA ENTRAR NA ENERGIA DA GRATIDÃO EM SUA VIDA

     EFT – EMOTIONAL FREEDOM TECHNIQUES – TÉCNICA DE LIBERAÇÃO EMOCIONAL, TAMBÉM CONHECIDA COMO  ACUPUNTURA SEM AGULHAS

    Essa técnica é tão simples que, quando mostramos para algumas pessoas, acham até engraçado! E por ser simples, tem pessoas que não conseguem acreditar que funciona.

    Mas garanto a você que funciona!

    Uma das melhores técnicas que conheço para o tratamento de doenças emocionais, podendo ser aplicada para dores físicas e qualquer desconforto. Nossas doenças são energias estagnadas no nosso corpo sutil.  Quando estimulamos alguns  pontos, com leves batidas, onde passam os chamados meridianos, essas energias negativas se dissolvem, eliminando suas dores físicas e emocionais.

    Após a liberação das dores e emoções negativas, fazemos a ressignificação. Ou seja: colocamos emoções e pensamentos positivos.

    Quando esses pontos são estimulados é necessário verbalizar os desconfortos, dores e emoções que estão incomodando ou a intenção positiva.

    • Os pontos deverão ser estimulados com leves batidas (3 batidas em cada ponto é o suficiente);
    • Juntamente com a estimulação dos pontos falamos frases ou a palavra que representa a dor, emoção ou desconforto a ser trabalhada;
    • Cada circuito de batidas nos pontos chamamos de “rodada”;
    • Se pular ou errar um ponto não tem problema. Siga em frente;
    • Sem limites de rodadas;
    • O estímulo pode ser feito com a mão direita, ou esquerda, ou com as duas.

     

    Os pontos são:

    Ponto de Karatê – “frase de preparação”

    Ponto 1 – Topo da cabeça

    Ponto 2 – Início da sobrancelha

    Ponto 3 – Canto do olho

    Ponto 4 – Embaixo do olho

    Ponto 5 –  Embaixo do nariz

    Ponto 6 – No queixo

    Ponto 7 – Início da clavícula

    Ponto 8 –  Embaixo do braço

     

    EXERCÍCIO PRÁTICO DE GRATIDÃO:

    Sente-se em um lugar tranquilo onde ninguém lhe perturbe. Inspire profundamente e lentamente algumas vezes pelo nariz, segure alguns instantes o ar e expire mais lentamente ainda (faça quantas vezes achar necessário até que você se sinta mais calmo e tranquilo).

     

    PRIMEIRA RODADA:

    Ponto de Karatê – “frase de preparação” – batendo no ponto de Karatê e falando:

     

     

    1. a partir de agora eu me liberto de todo e qualquer sentimento de raiva, medo, mágoa, injustiça, frustrações e ressentimentos, e escolho me aceitar profunda e completamente;

     

    1. a partir de agora eu me perdoo por todas as escolhas erradas que fiz e perdoo todos as pessoas que me prejudicaram de uma forma ou de outra, e escolho me amar profunda e completamente;

     

    1. a partir de agora eu me liberto da culpa e autopunição, e escolho me sentir grata pela vida e tudo que tenho, pois escolho me aceitar profunda e completamente.

     

     

    Ponto 1 – Topo da cabeça – a partir de agora eu escolho liberar toda raiva, medo, mágoa, sentimentos de injustiça, frustrações e ressentimentos que tenham me aprisionado até agora;

    Ponto 2 – Início da sobrancelha – eu me liberto e escolho liberar todo e qualquer sentimento negativo com relação a pessoas que tenham me prejudicado e contribuído de uma forma negativa na minha vida;

    Ponto 3 – Canto do olho –  eu me liberto e escolho liberar todas os sentimentos negativos com relação as experiências do meu passado e me causaram dor e sofrimento;

    Ponto 4 – Embaixo do olho – eu  escolho liberar toda e qualquer culpa e sentimentos de autopunição;

    Ponto 5 –  Embaixo do nariz – eu escolho liberar todo e qualquer sentimento de vitimização;

    Ponto 6 – No queixo – eu me perdoo por todas as escolhas erradas e equivocadas que fiz e boas oportunidades que deixei passar;

    Ponto 7 – Início da clavícula – eu me perdoo pela falta de consciência;

    Ponto 8 –  Embaixo do braço – eu me perdoo por qualquer energia negativa que eu tenha criado com sentimentos, pensamentos e palavras;

     

    SEGUNDA  RODADA:

    Ponto 1 – Topo da cabeça –  eu perdoo meus pais, minha família e antepassados por todo sofrimento que tenham me feito passar;

     Ponto 2 – Início da sobrancelha – eu perdoo e coloco limites sempre que necessário em pessoas e situações;

    Ponto 3 – Canto do olho –  eu escolho perdoar e me sentir segura e protegida em qualquer lugar;

    Ponto 4 – Embaixo do olho – eu deixo que o perdão limpe e desintoxique todo o meu corpo, órgãos e células;

    Ponto 5 –  Embaixo do nariz – eu deixo que o perdão limpe e dissolva toda a dor e sofrimento do meu passado;

    Ponto 6 – No queixo – pois agora entendo que todas as minhas experiências foram necessárias para minha evolução e aprendizado;

    Ponto 7 – Início da clavícula – eu perdoo a tudo e a todos de uma forma incondicional;

    Ponto 8 –  Embaixo do braço – sou grata pela vida;

     

    TERCEIRA  RODADA:

    Ponto 1 – Topo da cabeça –  sou grata aos meus pais e minha família,  pois hoje entendo que fizeram o melhor que sabiam e podiam na época;

    Ponto 2 – Início da sobrancelha – o sentimento de gratidão pelas minhas experiências toma conta do meu ser;

    Ponto 3 – Canto do olho –  sou grata ao Universo que me trás infinitas possibilidades todo dia;

    Ponto 4 – Embaixo do olho – sou grata pelo meu alimento;

    Ponto 5 –  Embaixo do nariz – sou grata pelo ar que respiro;

    Ponto 6 – No queixo – sou grata a natureza;

    Ponto 7 – Início da clavícula – sou grata a todas as pessoas que de uma forma ou de outra contribuíram para o meu crescimento;

    Ponto 8 –  Embaixo do braço –  eu assumo total responsabilidade por construir uma vida de paz, felicidade e abundância a partir de agora. Estou focada no momento presente para criar a vida que quero e mereço.

    Observação: repita o exercício por 21 dias. Após, se possível, continue a fazê-lo.

     

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Sem Categoria

    Se quer uma vida nova: dê adeus ao seu passado!

    - Por Bira

    Se quer uma vida nova: dê adeus ao seu passado!

    Sua realidade se manifesta de acordo com tudo que está no seu interior.

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!

    Você criou a vida que está vivendo com base em tudo que você pensa, sente e acredita, reproduzindo suas experiências negativas do passado, reforçando e repetindo automaticamente padrões de comportamento, de sofrimentos que você não sabe nem da onde vieram.

    Sua realidade se manifesta de acordo com tudo que está no seu interior. Se você está focado na doença e na crise do país, contaminado pela culpa, não merecimento, insegurança, vergonha e crenças que a vida é difícil, a vida é dura, dinheiro é sujo, dinheiro não trás felicidade, sou pobre mas sou feliz, sou pobre mas sou limpinha, rico não presta, dinheiro demais estraga, o que você irá atrair pra sua vida? Doenças, sofrimentos e pobreza.
    O Universo é sábio e abundante. Ele lhe traz tudo aquilo em que você está vibrando.

    Se você quer uma nova vida: dê adeus ao seu passado.
    Sua realidade é o que você acredita.

    Se você tem a capacidade de criar suas doenças, dores e sofrimento, você também tem a capacidade de criar saúde, amor e abundância.
    Se abra para novas e infinitas possibilidades.

     

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Medo

    Medo: Enfrentar ou Correr!

    - Por Bira

    Medo: Enfrentar ou Correr!

    Medo é um estado emocional que surge em resposta a consciência mediante uma situação de eventual perigo ou ameaça. Ele serve como um alerta natural e de extrema importância à sobrevivência das espécies, principalmente a humana. Também é um mecanismo de aprendizagem e crescimento quando superado.

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!

    MEDO: ENFRENTAR OU CORRER

    Medo é um estado emocional que surge em resposta a consciência mediante uma situação de eventual perigo ou ameaça. Ele serve como um alerta natural e de extrema importância à sobrevivência das espécies, principalmente a humana. Também é um mecanismo de aprendizagem e crescimento quando superado.

    A sensação de um perigo, alguma coisa ou pessoa que possa ameaçar nossa segurança, integridade física ou moral, ativa no cérebro, vários compostos químicos, provocando reações de medo, tais como aumento dos batimentos cardíacos, tremores, arrepios, sudorese e até um estado de paralisia momentânea na qual a pessoa não consegue se mover, dependendo da sua intensidade em cada pessoa. Sensações essas que preparam o indivíduo para enfrentar a situação ou fugir.
    Você se lembra de sentir algum dia medo ao ouvir um barulho estranho, principalmente, se for à noite. E se estiver sozinho então… a mente viaja!!!! Também por imagens que não reconhecemos como a sombra de alguém ou alguma coisa.

    O medo pode ser desde um desconforto ou uma leve ansiedade até um verdadeiro pavor.
    Quando ele afeta o indivíduo fisicamente, emocionalmente e socialmente, provocando prejuízos em sua vida, esse medo passa a ser patológico e essa pessoa é diagnosticada como portadora de fobia.

    COMO ESSE FARDO SE FORMA

    Para que o medo se instale no indivíduo, é preciso um estímulo externo ou um gatilho emocional que esteja relacionado com algum registro de memória, que provoque ansiedade ou insegurança. Entretanto, às vezes, só a imaginação de uma possível ameaça é o bastante, sem nenhum fundamento ou lógica racional, com base em crenças populares ou lendas.
    Tem pessoas que vivem uma vida inteira carregando o fardo do medo. Um verdadeiro “fardo” por que, uma vez instalado o medo na mente, ele toma conta do nosso ser, por algum tempo ou para sempre.
    E quantas e quantas pessoas vivem em situação de medo constante. São tantos temores de situações e circunstâncias da vida, que acabam tendo medo até de viver.
    A quantidade de energia que despendemos antecipando situações de medo é gigantesca. Medos imaginários criados do que pode vir acontecer a você, à sua família, enfim… Tudo fica intensificado por antecipação de algum tipo de acontecimento desagradável no futuro.
    As dificuldades e experiências negativas vividas durante nossa caminhada são as maiores causas de nossos problemas comportamentais e emocionais. O medo vem de registros de situações traumáticas que experenciamos. Algumas pessoas conseguem superar, outras desenvolvem sentimentos de angústias que podem gerar quadros de medo ou até fobia.
    Uma criança que foi muito protegida, criticada ou que sofreu algum tipo de humilhação, poderá se tornar um adulto inseguro, com baixa autoestima e desenvolver medo diante de alguns desafios, como falar em público, apresentar um trabalho, um projeto, fazer provas e exames, pois não desenvolveu sua autoconfiança. Sentirá medo diante de situações desconhecidas, por que se fracassar, poderá sofrer represálias, críticas ou ser humilhado novamente.
    Histórias do bicho papão, boi-da-cara-preta, a loira do banheiro, o homem do saco.
    O medo do bicho papão….
    As músicas de ninar que cantavam e, ainda cantam para as crianças, são para provocarem medo mesmo. Quer dizer, ou dormia ou dormia. Cá prá nós: dorme nenê que a cuca vem pegar. Papai está na roça e mamãe foi trabalhar. Isso quer dizer o que: que os pais não estavam presentes e que a criança ficaria a mercê da cuca!!!
    E o medo de fantasmas, extraterrestes, espíritos.
    Têm adultos que até hoje não conseguem e não querem nem ouvir falar de espiritualidade.
    Tive uma grande Mestra que falava assim: então “demônio”: você tem medo de espírito e você é o quê mesmo

    COMO LIBERAR ESSA EMOÇÃO

    Volto a falar que nossas cargas de emoções negativas ficam registradas no nosso corpo emocional.
    Medo, insegurança, falta de autoestima irão provocar o que na sua vida?
    Você já parou para pensar?
    Uma vida cheia de desequilíbrios!
    Você nunca terá uma vida plena, amorosa, próspera e abundante. Algumas pessoas conseguem até se sobressaírem em algumas áreas, outras o insucesso ocorre em todas as áreas. Problemas financeiros, problemas de realização profissional, problemas sérios nos relacionamentos, sejam eles quais forem.
    Enquanto você não fizer uma limpeza de toda essa carga energética negativa e crenças limitantes, você nunca irá conseguir confiar e se lançar na vida para novos e altos voos. Aqueles que farão sua alma cantar e o seu coração ficar quentinho!
    Eu lhe convido a ressignificar todas essas emoções da sua infância, adolescência e experiências negativas vividas. Você não precisa mais disso!

    Chega de dor, de memórias, de medos!
    Vamos juntos traçar novos caminhos, redescobrir o seu poder pessoal, os seus potenciais, a sua criatividade sem medo de ser feliz, sem escravidão de todo esse lixo emocional que fizeram você acreditar.

     

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Ansiedade

    Ansiedade: processo de obsessão espiritual sim!

    - Por Bira

    Ansiedade: processo de obsessão espiritual sim!

    O QUE É TRANSTORNO DE ANSIEDADE? TAG –Transtorno de Ansiedade Generalizada, ou como está sendo chamada hoje “Síndrome da Pressa.”

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!

    O QUE É TRANSTORNO DE ANSIEDADE?

    TAG –Transtorno de Ansiedade Generalizada, ou como está sendo chamada hoje “Síndrome da Pressa.”
    Definição: ansiedade é um estado psíquico de apreensão ou medo devido à antecipação de uma situação desagradável ou mesmo de um perigo real ou imaginário, acompanhado de sintomas físicos, tais como:
    • Fadiga
    • Angústia
    • Sudorese
    • Taquicardia
    • Náuseas
    • Vômito
    • Diarréia
    • Tensão muscular
    • Mal estar
    • Falta de ar
    • Medo de morrer

    A ansiedade é normal e até produtiva muitas vezes, desde que seja direcionada na busca de realizações e crescimento.
    Ela faz parte do nosso sistema de alerta diante de algum perigo.
    Diante do desconhecido como quando você se vê em uma situação de risco de ser assaltado, uma entrevista de emprego, uma prova na escola, a apresentação de algum projeto novo, uma reunião importante no trabalho, um encontro com um novo e possível amor, enfim, tudo aquilo que desconhecemos ou que desejamos demais que aconteça, nos deixa de certa forma, ansiosos.
    Até aí tudo bem! Essa ansiedade faz parte dos nossos desconfortos vez e outra.
    Entretanto, a ansiedade em excesso é um sinal de alerta, poderá se tornar patológica.
    Não é normal viver sempre ansioso, apreensivo e preocupado diante de problemas rotineiros. Tem pessoas que ficam ansiosas por tarefas domésticas, por ter que levar o filho na escola, pelo cumprimento de atividades rotineiras no seu trabalho, por levar o automóvel para revisão, por medo de se atrasar aos compromissos. Diante de problemas que, às vezes, não são nem reais.
    Quando o transtorno de ansiedade passa a gerar prejuízos na sua vida, seja ela afetiva, profissional, familiar, escolar com intensidade, duração e frequência excessivas, sem controle, desproporcionais ao evento ou situação, é por que já se tornou uma doença.
    O medo não está na situação e sim na mente!

    A ANSIEDADE NOS DIAS ATUAIS

    Dificilmente encontraremos alguém hoje que não sofra de ansiedade.
    Nos grandes centros urbanos então nem se fala.
    Todos correm desenfreadamente atrás do tempo, atrás de alguma coisa, atrás de alguém. E tem alguns que correm sem saber pra onde ou por quê….
    24 horas passou a ser pouco para tantas atividades. Até por que não dispomos de 24 horas em um dia. Precisamos dormir, comer, nos transportar de casa para o trabalho, do trabalho para casa.
    É pressão no trabalho, pressão dentro da família, nos estudos, no trânsito. Muitas preocupações com a sobrevivência, com as contas vencendo.

    PROCESSO DE OBSESSÃO ESPIRITUAL

    São milhões de pensamentos por segundo e você não consegue processar.
    Certamente você já está sofrendo de obsessão espiritual. E além de sofrer influências de energias externas, posto que, diante desse quadro todo de perturbação e transtornos, está com sua imunidade espiritual baixa, você mesmo está se auto-obsediando.
    Acredite! OBSESSÃO E AUTO-OBSESSÃO SIM!!!!
    As doenças físicas são resultantes de um desequilíbrio orgânico, mas como consequência de distúrbios espirituais e emocionais.
    Somos Seres Espirituais usando um corpo físico para a manifestação na fisicalidade. E o pensar é você espírito nesse corpo físico. Você materializa os seus pensamentos através da sua voz.
    Quando estamos na fisicalidade é também quando nossos inimigos de outras vidas nos encontram. Por isso falo de obsessão espiritual. Por que nossos inimigos espirituais só precisam que você lhes dê uma única brecha. E você, com todo esse transtorno de ansiedade é um ímã para eles.
    Se você tem entendimento de que já vivemos inúmeras outras vidas, deve entender também que nem sempre fomos essa belezura de pessoas que somos hoje.
    Já matamos, traímos, roubamos, escravizamos, torturamos. Quantas pendências deixadas para trás…
    Somado a tudo isso temos os limites impostos por nossos pais, as cobranças. Foi exigido demais quando você era criança: bons modos, boas maneiras, as melhores notas na escola, tinha que ser o melhor filho, o melhor aluno. E hoje você se cobra. São registros profundos que trazemos. Você não pode errar nunca. Você tem que dar conta de tudo sempre. Você tem que ser perfeito.
    Você foi ensinado assim e hoje traz tudo isso para sua vida. E então você se auto-obsedia. Você cria as suas criaturas. E essas criaturas são você cobrando de você mesmo o tempo todo. Por isso auto-obsessão.

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

  • Tristeza

    TRISTEZA: UM VAZIO DA ALMA

    - Por Bira

    TRISTEZA: UM VAZIO DA ALMA

    Quem nunca acordou com o coração apertado, sem ânimo, sem perspectivas? Quantos olhares tristes nos rodeiam. Estamos cada dia mais nos entristecendo. Essa dor que nos assombra.

    VOCÊ SE IDENTIFICA COM OS TEMAS ABORDADOS AQUI?

    Deixe seu nome e e-mail e enviaremos conteúdos exclusivos!

    Quem nunca se sentiu triste?

    Quem nunca acordou com o coração apertado, sem ânimo, sem perspectivas?
    Quantos olhares tristes nos rodeiam.
    Estamos cada dia mais nos entristecendo. Essa dor que nos assombra.
    Tristeza é esse sentimento que surge quando estamos passando pela dor de uma perda.
    Seja a perda de um familiar, de um parceiro, um amor, um emprego, um bem material, confiança, enfim, qualquer perda, principalmente a perda da nossa verdade, a perda do prazer em nossa vida, a perda de nós mesmos.
    Nessa vida louca que insistimos em levar fazemos tudo robotizados. No piloto automático.
    Tristeza é um vazio existencial. Um vazio da alma.
    E segundo a metafísica da saúde, Diabetes tem sua origem na Tristeza Profunda.

    É importante identificarmos a origem da nossa tristeza. Muitas vezes sentimos esse vazio e não sabemos de onde ele surgiu.
    Se esse é o seu caso, é preciso fazer uma investigação profunda para saber a origem da sua dor. Pode ser um registro de uma emoção que ficou no seu inconsciente, no seu campo emocional que não foi curado.

    E qual a intensidade da sua dor?

    Nossas emoções surgem com o que experienciamos nessa nossa caminhada. E sua intensidade é em função do significado que você dá a essas experiências. Por isso não podemos menosprezar a dor de ninguém.
    A tristeza de quem perdeu um ente querido pode ser a mesma de quem teve seu carro roubado. Sua intensidade será de acordo com o significado que você dá a sua perda.
    Cada emoção negativa que você carrega e eventos do passado são como se fosse uma criatura criada com essa energia. Se ela foi criada da energia da sua tristeza, se alimenta e sempre vai gerar lembranças e situações que aumentem sua tristeza para que possa continuar crescendo e se fortalecendo. E, através de mecanismos inconscientes, você ficará revivendo e remoendo histórias do seu passado que provoquem tristeza ou imaginando situações que lhe causem mais tristeza ainda e atrair pessoas que também estejam nessa vibração, pois somos energia e atraímos tudo e todos que estejam na mesma sintonia.

    Como você reage diante de uma emoção ou sentimento negativo?

    É importante que não ignoremos nossas emoções.
    Vejam a mensagem do filme “Divertida Mente”. Se você ainda não assistiu, assista.
    Emoções em excesso nos atrapalham, mas a falta delas deixa nossa vida cinzenta, sem colorido.

    As emoções são partes importantes do nosso crescimento e transformação. Portanto, necessárias. Pois é mediante o caos que fazemos um movimento.
    Toda dor ou desafio vem para nos mostrar que alguma mudança precisa ser feita em nossa vida. Nossas doenças físicas são um exemplo. Sinais do corpo que algo precisa ser mudado. E nossas emoções são resposta ao lixo de carga negativa que acumulamos em nosso corpo emocional.
    A palavra emoção vem do latim “emovere”. O “e” significa ENERGIA e “movere” significa MOVIMENTO. Nesse entendimento, toda emoção negativa existe para nos mostrar que precisamos fazer um movimento, um expurgo dessas emoções do nosso corpo emocional.
    Se não fizermos a liberação dessas energias negativas o corpo adoece, a alma sofre!
    Se permita, sinta, chore, e grite se for preciso. Mas não suprima sua dor.
    Sabendo que tudo tem um tempo. E essa é uma questão muito importante.

    E fica aqui a minha pergunta para você: COMO POSSO TE AJUDAR HOJE?
    Terei imenso carinho em recebê-la ou recebê-lo!

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on twitter
    Twitter
    Share on google
    Google+
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Deixe seu comentário:

Carregar Mais